Mensagem do Presidente

Mensagem – Bom Ano 2017

Por princípio, no primeiro ano de novo mandato, gerimos e programámos; no segundo, economizámos e projetámos; no terceiro, executámos e pagámos; para, no quarto e último, consolidarmos e recuperarmos de trabalhos a mais e imprevistos que sempre surgem, de modo a não deixarmos dívidas ou encargos de um mandato para outro.

Este mandato, por vicissitudes várias, está sendo um pouco diferente. Dando-nos conta de que a estratégia da Câmara Municipal consistia em reduzir ao mínimo a colaboração com as Juntas de Freguesia, atirámo-nos, desde logo, a fazer obra de acordo com as nossas possibilidades.

No primeiro ano, 2014, concluímos o Arranjo Urbanístico envolvente ao Tanque Público, em Samil. Acabámos por adquirir o terreno das presas e consolidámos um novo espaço para estacionamento. No segundo ano, 2015, procedemos às repavimentações da Rua das Figueiras, Rua da Fontanheira, Rua Eça de Queirós, Travessa da Fonte Seca (parte) e Calçada da Lomba. No terceiro ano, 2016, foi a vez da reabilitação das Ruas do Fundo do Lugar de Bustelo, Rua do Cruzeiro, Rua da Fonte da Valenta, Rua Maria Rita Batista, Rua das Eiras, Rua Ferreira de Castro, Rua e Travessa das Areinhas.  Acresce, ainda, a implantação complementar de passeios na Rua de Samil e na Rua das Lagomas. No Cemitério “Novo”, foram concluídas as capelas jazigos, assim como o capeamento dos muros envolventes. De realçar, ainda, a cobertura do palco e auditório exterior, bem como a conservação e reabilitação da cobertura do edifício sede da Junta de Freguesia. Perspetivando o futuro, investimos, também, na compra de 5 000 m2 de terreno na futura Zona Industrial de Costa Má.

Para 2017, último ano do mandato, queremos garantir o arranjo e requalificação do Largo 30 de Junho – área envolvente ao Centro de Saúde / Cemitério Paroquial / Parque Inter-Geracional / Sede da Junta de Freguesia – bem como prosseguir a implantação de passeios até ao Centro Escolar e Centro da Freguesia de modo a proporcionar mais segurança a viaturas e mais tranquilidade a peões.

Solicitámos, também, a inclusão no orçamento municipal de alguns arruamentos à espera de intervenção: ruas envolventes à Zona Industrial do Merouço, Rua das Laminhas, Travessa da Toca, Travessa Trás da Fábrica, Travessa Sebastião Pereira, Rua da Capela de Santa Ana, Travessa do Silvar, Travessa do Alto, Travessa da Toca, Travessa da Lomba, Rua da Fonte Seca e Rua do Mergulhão, bem como a implantação de duas passadeiras elevadas, redutoras de trânsito na Rua de Samil e Rua do Calvário.

Prioridade das prioridades, de que não temos reais garantias de solução, mas que não descuidaremos, persiste na paralisação das obras de saneamento básico, assim como o início das infraestruturas da Zona Industrial de Costa Má, de modo a fixar e consolidar a nossa indústria tradicional, bem como prevenir e acautelar o futuro de inovadoras indústrias e serviços.

Haja esperança!

 

Bernardo Amaro Simões